Selecione a Categoria Aqui

Slider

Travel

Performance

Cute

My Place

Dicas Legais

Racing

Videos

» » » Guloseimas que fazem bem e não engordam? Pode apostar, existem!
«
Next
Postagem mais recente
»
Previous
Postagem mais antiga


Chocolate, sorvete, pipoca, maionese e até cerveja merecem aparecer no seu cardápio!


Sorvete, maionese, pipoca, chocolate e cerveja ganham tarja preta quanto você está de dieta, seja para emagrecer, seja para colocar a alimentação em trilhos mais saudáveis.


Excesso de gorduras e calorias fartas são parte da explicação para o veto, que se baseia também na pobreza dessas e outras escolhas semelhantes. "Uma dieta balanceada precisa não somente de alimentos com baixas calorias, mas de alternativas ricas em nutrientes e que possam prolongar a sensação e saciedade", afirma a nutricionista Hediane Oliveira, do Espaço Para Viver Melhor da Unimed-Rio.
E se a gente contasse para você que, apesar de continuar perigosa, a listinha aí de cima pode oferecer alguns benefícios para a sua alimentação?

É possível encontrar desde vitaminas até gorduras que ajudam no controle do colesterol. "Sabendo disso, você diminui a culpa ao incluir um pouco de maionese no sanduíche natural ou comer um pedaço de chocolate na sobremesa", diz a especialista. Só não vale se apoiar nos benefícios e cair no exagero - este sim, totalmente proibido.
Maionese
O que você já sabe: muito calórica, a maionese possui uma alta quantidade de gorduras. "Se consumida em excesso, pode comprometer a dieta e afetar a saúde", afirma a nutricionista Hediane Oliveira, do Espaço Para Viver Melhor da Unimed-Rio.

Como se trata de um produto de origem industrial, a maionese também pode conter conservantes que, em excesso, fazem mal à saúde. "Fique longe das maioneses oferecidas sem rótulos e aquelas que não priorizam a redução de gorduras saturadas e calorias na receita."
Quais os benefícios: a maionese é fonte de ômega-3, nutriente aliado na redução do colesterol ruim (LDL) e no combate a doenças cardiovasculares.

Se você escolher a maionese como opção de gordura do seu dia, limite-se a aproximadamente uma ou duas colheres de sopa. "Mas não vale consumir essa quantidade junto a outras fontes de gordura, como frituras e carnes gordurosas", afirma a nutricionista. Lembre-se que a maionese caseira é livre de conservantes, mas deve ser consumida mais rapidamente, para não correr o risco de estragar.
Cerveja
O que você já sabe: o abuso de bebidas alcoólicas pode prejudicar nosso corpo como um todo. 'Cirrose, pancreatite, hipertensão, gastrite e perda de memória são os principais problemas causados pelo consumo de álcool excessivo", explica o cardiologista José Luiz Cassiolato, do Hospital 9 de Julho em São Paulo.

O consumo de álcool pode ser ainda mais nocivo entre os fumantes, já que ele potencializa os efeitos do tabaco, elevando o risco de doenças como o câncer de pulmão e laringe.
Quais os benefícios: pesquisadores da Universidade de Barcelona, do Hospital Clínico de Barcelona e do Instituto Carlos III de Madri, todos na Espanha, descobriram que beber uma caneca de cerveja por dia pode ajudar no combate ao diabetes e previne a hipertensão.

A razão para a cerveja proteger contra essas doenças está no fato de ela ter baixa graduação alcoólica e nutrientes como ácido fólico, vitaminas, ferro e cálcio - todos amigos do sistema cardiovascular.

O estudo foi realizado com 1.249 homens e mulheres acima de 57 anos e indica que mulheres podem tomar dois copos pequenos de cerveja por dia, enquanto para os homens estão liberados até três copos. Contudo, o hábito deve estar associado a uma dieta saudável e a exercícios físicos regulares.
Manteiga
O que você já sabia: a manteiga é rica em gorduras saturadas, que devem ser consumidas com moderação para não aumentar o colesterol ruim (LDL). "A composição da manteiga é basicamente gordura, não havendo proteínas e carboidratos, que são nutrientes importantes para uma dieta balanceada", diz a nutricionista Maria Fernanda.
Quais os benefícios: "ela é fonte de boa quantidade de ácidos graxos, como o ômega 3 e o ômega 6, fundamentais para o funcionamento do cérebro", aponta. 

A manteiga ainda oferece ácido linoleico, que ajuda na formação de músculos. "Ela também é rica nas vitaminas A, D, K2 e E, além de nutrientes como iodo e selênio, que atuam na prevenção de problemas cardíacos", completa Maria Fernanda. Mesmo com todos esses nutrientes, o segredo é sempre manter a moderação.
Chocolate
O que você já sabe: "uma composição com mais leite e gordura e menos cacau pode trazer mais problemas do que benefícios à saúde?, explica a nutricionista Hediane. As versões de chocolate ao leite e branco são as mais gordurosas, sendo que a última sequer é feita de cacau, mas sim de leite, açúcares e manteiga de cacau, sendo a mais prejudicial para a saúde.
Quais os benefícios: a medida certa para aproveitar os benefícios do chocolate é 30g diárias, dando preferência sempre ao chocolate amargo ou meio amargo. Ele é rico em antioxidantes e anti-inflamatórios, que fortalecem o sistema imunológico, diminuem os níveis de colesterol, protegem contra doenças cardiovasculares e até ajudam no emagrecimento.
Queijos amarelos
O que você já sabe: Como a manteiga, o queijo também tem um alto teor de gordura saturada e calorias que, em excesso, podem levar à obesidade e elevar o risco de doenças cardíacas, além de aumentar as taxas de colesterol.
Quais os benefícios: Rico em nutrientes, o queijo contém cálcio, vitamina A, B12, riboflavina, zinco e fósforo. "Eles também são ricos em ácido linoleico conjugado (CLA), uma gordura boa encontrada em proteína animal e laticínios que tem sido associada à prevenção do câncer", explica a nutricionista Maria Fernanda.

Apesar das taxas de gorduras e calorias, é possível consumi-los duas vezes por semana sem grandes prejuízos à dieta. Uma dica é servir os queijos gordurosos com acompanhamentos mais saudáveis, como damascos e outras frutas.
Sorvete
O que você já sabe: quem está de regime precisa ficar atento ao consumo de sorvete. "As opções tradicionais de sorvete cremoso apresentam, em média, 110 calorias em uma porção de 60 gramas", diz a nutricionista Hediane. Além de favorecer o ganho de peso, o sorvete é rico em gorduras saturadas e açúcares, que em excesso podem favorecer o aparecimento de doenças.
Quais os benefícios: por ser feito à base de leite, o principal ganho do sorvete cremoso está na grande quantidade de cálcio que carrega. "O cálcio é muito importante para na prevenção de doenças como a osteoporose", afirma a nutricionista Maria Fernanda.

Já os sorvetes à base de fruta são mais magros, podendo ser consumidos como sobremesa ou lanche da tarde. "A vantagem dos sabores de fruta é que eles também carregam outros nutrientes, como as vitaminas", diz a nutricionista.

Fonte: Me Cuido Aki!




«
Next
Postagem mais recente
»
Previous
Postagem mais antiga

Nenhum comentário

Deixe seu comentário: